A falta de planejamento financeiro é algo que se não for feito corretamente pode vir a ser a principal causa de fechamento de empresas no meio físico e agora também no digital. Essa organização prévia é extremamente importante, então, se você ainda não fez, está na hora de montar o planejamento financeiro para o seu e-commerce!

Veja algumas dicas a seguir…

O crescimento dos e-commerces vem para mostrar os avanços do mercado eletrônico nacional, mais ainda é possível notar algumas falhas nas lojas online como a falta de programação financial  por parte dos empreendedores que buscam abrir um novo negócio 

Planejamento para o seu e-commerce: por que fazer?

Planejar financeiramente o seu e-commerce é essencial para criar uma estrutura para a sua empresa, para além de conquistar estabilidade, mas para que ocorra um crescimento significativo. 

Nessa perspectiva, organização e planejamento são fundamentais para quem deseja empreender com tranquilidade, mas que muitas vezes são deixadas de lado devido a aparente simplicidade de abrir um e-commerce. 

São aproximadamente 25%, o número de empresas que fecham as portas no Brasil por falta de planejamento. Números que poderiam ser evitados, caso a saúde financeira do negócio estivesse recebendo uma análise de custos, uma projeção da receita e um planejamento de investimentos.  

Veja abaixo como fazer isso… 

Planejamento financeiro para o seu e-commerce: como fazer?

1.Faça um mapeamento de custos: 

Mapeamento de custos funciona de maneira a analisar todas as necessidades e apontamentos aos seus custos fixos para a determinação do capital de giro do seu e-commerce. Essas mesmas necessidades podem ser modificadas de acordo com o desenvolvimento do seu negócio. Por isso é importante manter o mapeamento atualizado. 

2. Monte uma estratégia de negócio: 

Depois de perceber quais são as reais necessidades do seu e-commerce, é plausível a criação de uma estratégia de atuação para o seu modelo de negócio propriamente dito. Nessa hora são avaliados os custos fixos e variáveis que cada operação irá implicar.

3. Planeje os seus investimentos: 

Você precisa projetar os seus investimentos para criar condições e aumentar as vendas. Por exemplo, é recomendável que se direcione uma verba para estratégias de marketing digital, já que sua loja se encontra nesse meio, com anúncios no Google Adwords, divulgação em redes sociais. 

Outro ponto importante para se pensar é se vale a pena investir em tecnologia e novas funcionalidades, já que o mercado do e-commerce é extremamente dinâmico, logo sua loja virtual não deve ficar parada. 

Faça um apanhado de metas para o próximo ano! 

Se você deseja manter a sua loja virtual a longo prazo é preciso que seja criado e estabelecido metas.

Escrever as metas pode ser interessante para que você e toda a sua equipe desenvolvam ideias do que se pretende alcançar para que os projetos sejam colocados de fato na prática e que os recursos de investimento possam ser calculados. 

Algumas metas utilizadas por empreendedores de e-commerce para você se espelhar são: 

Faturamento mensal: definir um padrão de faturamento a cada mês é uma boa maneira de começar, levando em consideração os imprevistos que podem vir a ocorrer. 

Números de pedidos: definir um número de pedidos e vendas que deverão ser geradas a cada mês ou semana, ou optar por uma meta diária de controle mais complexo. 

Tíquete médio: uma meta simples, mas bastante efetiva, é o valor médio dos pedidos. Definir uma meta de tíquete médio mensal, levando em conta também os eventuais imprevistos. Ao dividir essa meta de faturamento pelo número de pedidos, é possível obter a meta de tíquete médio.

Tire um tempo para pensar no seu planejamento financeiro!

O planejamento financeiro é um conjunto de ações que envolvem metas, custos, receita e investimento. Investir um tempo para se preparar e analisar os seus parâmetros se faz necessário para aquele empreendedor que busca lucros para além de gerar bons resultados com seus clientes. 

Outro ponto a se pensar quando se tem um e-commerce é a abertura de um MEI, já possuímos no nosso blog um artigo no qual explicamos tudo sobre o assunto e também sobre como se organizar financeiramente sendo MEI. 

Agora que você já sabe como criar um planejamento financeiro básico para o seu e-commerce, entre em contato com a MEGGA para obter mais informações e fazer o seu negócio crescer da melhor forma possível. 

Estamos presentes também no instagram, facebook e linkedin!

Por Byanca Ribeiro

Redatora

You might also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *